| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Jornal Segundo Amanhã
Desde: 01/08/2012      Publicadas: 17      Atualização: 14/08/2012

Capa |  Biologia  |  Física  |  Geografia  |  História  |  Matemática  |  Olimpiadas  |  Português  |  Química


 Olimpiadas

  08/08/2012
  0 comentário(s)


Olimpiadas 2012

'Alison quer ganhar de 21 a 0, já eu
penso na estratégia', afirma Emanuel

Olimpiadas 2012
Um esbanja experiência. O outro, energia. Um prefere a estratégia. O outro só pensa em pontuar. Um é calmo. O outro, intenso. Mas, quando se trata de Alison e Emanuel, características tão diferentes se tornam complementares. Equilíbrio parece ser o segredo da dupla brasileira que está garantida na final em Londres. Enquanto Alison tem a chance de subir ao pódio olímpico pela primeira vez, Emanuel já conhece bem a sensação. O maior vencedor da história do vôlei de praia do país conquistou o ouro nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, e a medalha de bronze no Jogos de Pequim, em 2008, com o antigo parceiro Ricardo.

- No começo da minha carreira, com 22 anos, eu era sobretudo intensidade. Queria ganhar e não pensava no que fazer. Hoje eu penso em como jogar, no que o adversário está fazendo de errado. Eu penso muito durante a partida. Eu tento ver o jogo mais estrategicamente. Já o Alison tem muito fogo, desejo, intensidade. Ele quer ganhar de 21 a 0 - resumiu Emanuel.

Tantas diferenças só têm jogado a favor da dupla, que nesta terça-feira venceu Plavins e Smedins, da Letônia, por 2 sets a 0, na primeira semifinal. Porém, antes mesmo de o jogo terminar, as conversas sobre uma possível final olímpica já tinham começado. Mais maduro, Emanuel, aos 39 anos, já deu dicas a Alison, de 27.

  Autor:   Bruna Isadora e Nathalie





Capa |  Biologia  |  Física  |  Geografia  |  História  |  Matemática  |  Olimpiadas  |  Português  |  Química
Busca em

  
17 Notícias